quarta-feira, 19 de outubro de 2011

recorte, 1.

e tudo parece a ausência que se quedou
emudecida nos contornos da cidade quebrada
onde nos alimentamos de rascunhos e versos soltos
que, ditos em voz alta, se tornam no som
do universo.

Sem comentários: